Preferindo a Cristo

“Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. Tinha elauma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmouma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” (Lc 10:38-42) Cristo – A boa parte Não podemos permitir que a obra que fazemos em Leia mais…

Orando uns pelos outros

Parece não haver crescimento sem oração uns pelos outros. Na verdade, quando distinguimos crescimento em dois departamentos (quantidade e qualidade), podemos estar com uma compreensão deficiente do processo sadio de edificar a Igreja. Isso porque o crescimento numérico da Igreja depende da permanência dos convertidos, o que não acontecerá sem Leia mais…